Passaria na Rádio PAMF > 24 FEV ’21

Nesta semana, destacaríamos na Rádio PAMF o Dia Internacional da Língua Materna, comemorado no dia 21 de fevereiro.

Nessa linha, as produções em português mereceriam a nossa preferência, fosse em termos de música a passar, fosse nas sugestões/notícias a apresentar 다운로드.

Dessas sugestões/notícias aqui ficam algumas:

– O Dia Internacional da Língua Materna é celebrado todos os anos no dia 21 de fevereiro com o objetivo de celebrar a importância da diversidade linguística e cultural, contribuindo para proteger as línguas faladas no Mundo 무료 일러스트 다운로드.

O dia 21 de fevereiro foi proclamado como Dia Internacional da Língua Materna na Conferência Geral da UNESCO em 1999. Em 2020, o tema é «Línguas sem fronteiras» 시사인 다운로드.

(fonte: eurocid.mne.gov.pt)

– A língua portuguesa é a quarta mais falada no mundo, tendo cerca de 250 milhões de falantes, o que representa 3,7 % da população mundial 다운로드. Os países que têm a língua portuguesa como língua oficial integram a CPLP — Comunidade dos Países de Língua Portuguesa . Estes países, situados em diferentes continentes, somados, ocupam 10,8 milhões de km2, 7,25% da superfície total 다운로드. Esses países são: Portugal, Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor Leste e Macau.

(fonte: www.up.pt/portuguesuporto/o-portugues-no-mundo)

Sugestão televisiva:

A RTP produziu um conjunto de treze filmes, com base na adaptação de contos de escritores portugueses. Um dos filmes (disponível em www.rtp.pt/play/p8424/uma-vida-toda-empatada) é “Uma vida toda empatada”, a partir do conto homónimo de Mário de Carvalho.

Neste filme, conhecemos Lurdes, uma repórter/realizadora de televisão, cujos programas, focados na fragilidade do ser humano perante os problemas sociais, não conquistam as audiências exigidas por uma estação de televisão. Prestes a perder o seu programa, é encarregue de uma última reportagem, no interior do país. No local, desenrola-se um poderoso drama familiar, integralmente captado pela sua câmara, que acaba por resultar num programa de grande notoriedade e audiências invulgares, mas com uma abordagem contrária ao que sempre defendeu.

CLDS – O programa do CLDS, coordenado pela Dra Ana Vaz, esta semana tem como título “Abandonar a Escola” (ouvir aqui).