Concursos Pessoal Docente 2014 2015

Horários colocados a concurso na plataforma SIGRHE da DGAE.

1. Temporários, por doença do titular:

520 600 200

2. Anuais, por aumento de turmas:

350 (Espanhol) – 5 horas (8º e 9º anos);

Técnicos Especializados (Design e Multimédia) – 15 horas (12º Profissional de Multimédia)

Critérios aprovados pelo Conselho Pedagógico: os definidos pela DGAE na sua página;

– Ponderação da Avaliação do Portefólio – 30%

– Ponderação da Entrevista – 35%

– Ponderação do Número de Anos de Experiência Profissional – 35%

1- Na avaliação do portfólio:
a)         Formação profissional na área das disciplinas a concurso – 10%
b)        Demonstração de experiência profissional no âmbito das funções a desenvolver no horário a concurso, com referência a atividades/projetos desenvolvidos em contexto escolar – 15%
c)         Organização e clareza do portfólio – 5%

2- Na avaliação da entrevista:
a)         Experiência pedagógica no âmbito do curso a ministrar – 15%
b)        Capacidade de comunicação e relação interpessoal no âmbito das atividades pedagógicas a desenvolver – 10%
c)         Motivação e disponibilidade para o desempenho das funções a desempenhar – 10%

3- Na ponderação dos anos de experiência profissional:
a)         anos de experiência profissional na área do curso – 15%;
b)        anos de experiência profissional pedagógica na área do curso – 20%.

Relativamente ao primeiro elemento de ponderação de avaliação do portefólio, será tido em conta o grau académico dos candidatos / formação realizada, com a seguinte valorização numa escala de 0 a 100 pontos:

Doutoramento/Mestrado pré-“Bolonha” (85);
Licenciatura com pós-graduação (75);
Licenciatura / Mestrado “Bolonha” (65);
Bacharelato (55);
inferior a bacharelato (50);
CAP e outros cursos de formação (bonificação de 15).

Relativamente ao segundo elemento de ponderação de avaliação do portefólio – Experiência – o júri definiu a seguinte escala: demonstra muito, demonstra bastante, demostra, demonstra pouco, com a valoração de 100, 80, 60 e 50 pontos respetivamente. No que diz respeito à contabilização dos anos de experiência profissional na área, foi estabelecido que será contabilizado 5 pontos por cada ano de serviço até 20 anos; mais de vinte anos, 100 pontos. Ficou ainda definido que, em situação de empate, será critério de desempate a pontuação obtida na entrevista de avaliação de competências.